O Compasso

O mesmo compasso que pode ser usado para fazer círculos perfeitos, para nos lembrar que sempre podemos voltar ao ponto de partida, ou até para nos lembrar que o mundo dá voltas, sendo que somos cobrados pelo que fazemos, tem ainda outra função.

Travado com o acessório certo ele terá sempre a mesma abertura, e em uma reta pode marcar vários segmentos de tamanhos iguais.

A perfeição é algo para almejarmos, mas o sentido de justiça, o ser justo é obrigação de quem se dispôs a trabalhar na pedra bruta.

Tenhamos pois, a justiça como um de nossos atributos diários, tenhamos um sentido íntegro de igualdade, tenhamos a certeza de que toda causa gera um efeito.

Na Paixão de Cristo vamos nos esforçar para simplesmente não “lavar nossas mãos” diante de situações onde devemos praticar a Arte Real.

Autor: Fabrício Iracy Simões

*Fabrício é Mestre Maçom, membro da ARLS Deus, Pátria e Família, 154, do oriente de Corinto, jurisdicionada à GLMMG. Nosso querido irmão é mais um colaborador do blog, e seus textos são publicados aqui às terças-feiras.

Anúncios

Sobre Luiz Marcelo Viegas

Mestre Maçom da ARLS Pioneiros de Ibirité, Nº 273, jurisdicionada à GLMMG, oriente de Ibirité/MG. Membro da Escola Maçônica Mestre Antônio Augusto Alves D'Almeida - GLMMG Contato: opontodentrodocirculo@gmail.com
Esse post foi publicado em Simbolismo e Símbolos e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s