Arquivo da categoria: A Origem da Alma

A Origem da Alma – Epílogo

CONSIDERAÇÕES FINAIS Um dos objetivos propostos na Introdução era o de apontar para o surgimento da noção de alma no Ocidente. Apesar de não ser possível precisar seu período exato, depreende-se deste estudo que o conceito de alma começa a … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

A Origem da Alma – Capítulo 4 (3ª Parte)

  As Implicações Éticas A “fé racionalizada” que encontramos nos mitos platônicos consiste, em síntese, em admitir, finalmente, que o homem encontra-se de passagem pela terra e que a vida terrena constitui para ele uma prova. A verdadeira vida situa-se … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , , | Deixe um comentário

A Origem da Alma – Capítulo 4 (2ª Parte)

A Alma em Platão  Há intérpretes que não consideram a existência de um princípio de dualidade na relação entre as Ideias e as coisas, uma vez que, para estes, as Ideias seriam a “verdadeira causa” das coisas, o que não … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

A Origem da Alma – Capítulo 4 (1ª Parte)

PLATÃO Será abordada, neste capítulo, a metafísica de Platão[31]. Há intérpretes que consideram este o tema central do interesse platônico, até porque os diálogos posteriores à sua última viagem foram totalmente dedicados às questões da teoria do conhecimento bem como … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , , | Deixe um comentário

A Origem da Alma – Capítulo 3 (3ª Parte)

Pitágoras  Como já mencionado, na Itália meridional a filosofia cria uma nova têmpera e se aperfeiçoa. De acordo com Giovanni Reale (1993, p.75), os pitagóricos tiveram o mérito de criar por primeiro essa nova têmpera, da qual se beneficiariam os … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , | Deixe um comentário

A Origem da Alma – Capítulo 3 (2ª Parte)

Os Jônicos e os Eleatas (continuação) Com outro jônico, Heráclito de Éfeso[21], a cosmologia dos pré-socráticos atinge uma notável profundidade, principalmente pela introdução da “Razão” como arché de todas as coisas. Ou seja, o mundo passa a ser entendido como … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , , | Deixe um comentário

A Origem da Alma – Capítulo 3 (1ª Parte)

OS FILÓSOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS E A PSYKHÈ A busca dos Princípios Como visto anteriormente, os primeiros filósofos buscavam, entre outras respostas, os princípios das modificações, das transformações fenomênicas, do nascimento e morte das coisas. Admiravam-se com a perpétua instabilidade das coisas, … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , | Deixe um comentário

A Origem da Alma – Capítulo 2

O ORFISMO De acordo com Werner Jaeger, foram os gregos que determinaram por vários séculos – poderia-se dizer, alguns milênios – a forma como o homem civilizado deveria conceber a natureza e o destino da alma. Esta concepção grega da … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , , | Deixe um comentário

A Origem da Alma – Capítulo 1

O NASCIMENTO DA FILOSOFIA E DA RELIGIÃO NA GRÉCIA A Filosofia Para melhor entender o contexto ocidental no qual surgiram as primeiras especulações metafísicas referentes à alma, se faz necessário fazer uma breve apresentação do panorama grego da época, panorama … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

A Origem da Alma – Introdução

A Origem da Alma – do Orfismo a Platão […] aqueles que cultivam a filosofia da maneira correta se exercitam para morrer, a morte se afigurando para eles menos temível do que para quaisquer outros seres humanos. Platão O objetivo deste … Continuar lendo

Publicado em A Origem da Alma | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário