Mensagem de fim de ano do Grão-Mestrado da GLMMG

Imagem relacionada

O ano de 2017 termina assolado por uma crise política, econômica, social, moral e ética. Será que essa crise e clima de desesperança que vem afligindo o povo brasileiro, vem influenciando, também, os espíritos de nossos irmãos? É chegada a hora de refletir, rever as etapas vivenciadas nos últimos doze meses e avaliar: Fizemos o certo? Demos o máximo de nós mesmos? Poderíamos ter feito melhor? Lutamos por aquilo que realmente acreditamos e queríamos? Nos desculpamos pelos nossos erros? Somos, hoje, melhores do éramos há um ano? O que fizemos para mudar a nós mesmos?

Esses são questionamentos que devem ser feitos regularmente, mas que ganham força nessa época do ano tão especial, em que enxergamos a possibilidade de transformação; em que prometemos a nós mesmos que realizaremos nossos sonhos; que buscamos melhorar as nossas vidas e as vidas das pessoas que queridas; em que afirmamos que, desta vez, faremos o máximo para progredir como seres humanos. Mas, mais importante do que prometer é sair do campo do discurso e agir! Colocar em prática tudo que desejamos para que, daqui a um ano, possamos avaliar nossa trajetória com satisfação maior do que a que sentimos hoje.

Desejamos que toda essa vontade de transformação também seja direcionada para o campo espiritual e profissional de todos os irmãos e familiares. E que possamos canalizar cada vez mais nossa energia na luta por melhor qualidade de vida e, como maçons, assumir o verdadeiro papel na defesa do bem estar da coletividade.

Tanto na Ordem Maçônica, como na vida, não podemos agir como se fôssemos meros expectadores que aguardam algum salvador para nos ajudar. Devemos, nós mesmos, definir os rumos de nossa história. E que a história seja cada vez mais, e sempre, um legado de muita transformação. Não esperemos que a vida ofereça oportunidades sagradas de servir. Devemos buscá-las, no dia a dia, com nossas ações e atitudes, não esquecendo que maçonaria não é aventura, e sim uma reunião de homens livres e de bons costumes perseguindo os objetivos colimados pela Sublime Ordem, tais como: o aprimoramento espiritual e moral da Humanidade, a luta pelos direitos dos homens e pela Justiça, a busca por unir forças para uma maior e mais perfeita compreensão entre os homens, sem distinção de raças nem de crenças.

Feliz Natal e um 2018 cheio de conquistas!

Geraldo Eustáquio Coelho de Freitas
Grão-Mestre

Edilson de Oliveira                                                                                 Sérgio Quirino Guimarães
Grande 1º Vigilante                                                                                       Grande 2º Vigilante

A você, meu Irmão.

Dedico esta mensagem em “idioma maçom” – recebida de um irmão – a todos irmãos maçons e a toda família maçônica – que repartem comigo e entre si o universo em que vivemos.

O Natal e o Ano Novo se aproximam!

Roguemos ao Grande Arquiteto do Universo, para que possamos:

Medir nossos projetos com a exatidão da régua de 24 polegadas ;

Remover de nossos sonhos os empecilhos, com a ajuda da alavanca;

Aplainar nossos caminhos com a horizontalidade do nível;

Vencer nossos problemas com a potência do maço e o corte do cinzel;

Festejar nossos feitos com os olhos voltados para o Alto, tal qual a verticalidade do prumo;

Emitir nossos livres pensamentos nas linhas retas do esquadro e nos círculos do compasso;

Detectar as nossas imperfeições com o malho e o cinzel na Pedra Bruta;

Buscar o progresso espiritual rumo à Pedra Polida;

Afastar nosso desânimo com o conforto encontrado nas páginas do Livro da Lei;

Ter a prosperidade em nosso Lar, tal qual a profusão dos grãos das romãs;

Contar com o mais belo brilho do Sol em cada amanhecer que aponta no Oriente;

Lembrarmo-nos de render graças ao Grande Arquiteto do Universo por tudo que Ele nos reserva no espetáculo de nossas Vidas, no tempo exaurido pela Ampulheta;

E na noite de Natal, ao lado dos nossos familiares, irmãos maçônicos e amigos, possamos elevar nossos pensamentos por três vezes três em favor da Humanidade!

Feliz Natal e um abençoado ano novo.

Luiz Marcelo Viegas
Administrador do blog O Ponto Dentro do Círculo
%d blogueiros gostam disto: